Procurados

 Rinaldo da Silva Mota

Rinaldo da Silva Mota

Data da Fuga: 15/12/2016

Data de Inclusão: 04/01/2018

Local: Canutama

Detalhes:

Polícia Civil pede o apoio da sociedade para localizar e prender caseiro investigado por homicídio em Canutama

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Mateus Moreira, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI) da instituição, solicita a colaboração de todos na divulgação da imagem do caseiro Rinaldo da Silva Mota, 38, procurado por homicídio qualificado.

De acordo com a autoridade policial, o homem está envolvido nos desaparecimentos de Flávio Lima de Souza, 38; Marinalva Silva de Souza, 34, e Jairo Feitoza Pereira, 20, ocorridos no dia 15 de dezembro de 2017, em um assentamento conhecido como “Araras”, situado em Canutama, município distante 619 quilômetros em linha reta da capital.

“Durante as diligências, a equipe de investigação da 62ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Canutama, constatou que se tratava de um crime agrário. Diante das evidências, foi representado à Justiça o mandado de prisão por homicídio qualificado em nome dele”, explicou Moreira.

Conforme a autoridade policial, a ordem judicial em nome de Rinaldo foi expedida no dia 29 de dezembro de 2017, pela juíza Joseilda Pereira Bilio, titular da Comarca de Canutama. O delegado disse, ainda, que testemunhas viram o infrator, pela última vez, no dia 15 de dezembro de 2017, deixando a fazenda onde trabalhava.

Mateus Moreira ressaltou que delações em torno do caso podem ser feitas ao número (97) 3334-1309 / (97) 99181-2944 da 62ª DIP, e também ao 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu a autoridade policial.

 

Envie Informações