Delegado-Geral e Adjunto

 

José Lázaro Ramos da Silva

Delegado-Geral da Polícia Civil do Estado do Amazonas

Natural de Careiro da Várzea, município distante 25 quilômetros em linha reta da capital, José Lázaro Ramos da Silva é formado em Direito pela antiga Universidade do Amazonas (UA) e pós-graduado em Gestão da Qualidade Total. Antes de ingressar na Polícia Civil, atuou por 10 anos como professor do extinto 2º Grau. Ingressou na instituição no dia 7 de dezembro de 1989, após aprovação em concurso público.

Foi designado para as titularidades dos antigos 1º, 2º, 3º, 4º, 5º, 8º, 9º e 11º Distritos de Polícia (DPs) e do atual 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Também trabalhou como delegado titular das Delegacias Interativas de Polícia (DIPs) dos municípios de Manacapuru, Iranduba, Novo Airão e Barcelos, além da Delegacia Especializada de Ordem Política e Social (Deops), Delegacia Especializada em Crimes contra a Fazenda Pública do Estado (DECCFPE) e Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon).

De agosto de 2005 a maio de 2008, Lázaro Ramos atuou como delegado-geral adjunto da Polícia Civil do Amazonas. A autoridade policial trabalhou como presidente da Comissão Permanente de Disciplina e, ainda, foi nomeado diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI) da instituição. Ramos também integrou a Comissão de Planejamento de Projetos na Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

 

 

Orlando Dário Góis do Amaral

Delegado-Geral Adjunto da Polícia Civil do Estado do Amazonas

Com mais de 37 anos de dedicação ao serviço público, o delegado Orlando Dário Góis do Amaral é militar da reserva das Forças Armadas e atuou por 20 anos na Aeronáutica. A autoridade policial ingressou na Polícia Civil do Amazonas em 2001, por meio de concurso público. Durante esse período, atuou no 20º Distrito Integrado de Polícia (DIP), antigo Distrito Policial (DP) e 15º DIP, onde permaneceu até março de 2007, quando foi designado a assumir a titularidade da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd).

Em janeiro de 2015, após oito anos de atividades, deixou a especializada para assumir o cargo delegado-geral da instituição, onde permaneceu até setembro daquele mesmo ano. Atuou como secretário-executivo-adjunto da Secretaria-Executiva-Adjunta de Operações (Seaop), vinculada à SSP-AM. Posteriormente foi designado para trabalhar no Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC-Regional).

Integrou a equipe do programa GuardiAM, desenvolvido pela consultoria norte-americana Giuliani Security & Safety (GSS), iniciado no governo Amazonino Mendes. Em setembro de 2018 foi nomeado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde permaneceu até receber o convite para assumir o cargo de delegado-geral adjunto da Polícia Civil do Estado na gestão do governador eleito, Wilson Lima.