Notícias

Polícia Civil identifica adulteração de sabão em pó no bairro Centro e prende representante comercial pela prática criminosa

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon), sob o comando do delegado Eduardo Paixão, titular da unidade policial, identificou na tarde de quarta-feira (4/7), por volta das 16h, a adulteração de sabão em pó realizada em uma casa na travessa Mundurucus, bairro Centro, zona sul da capital. Durante as diligências, o representante comercial Marcos da Silva, 39, foi preso em flagrante pela prática criminosa.

Marcos da Silva (Foto: Divulgação)

Conforme a autoridade policial, a equipe de investigação da Decon chegou até o infrator após receber, nos últimos dois meses, denúncias de comerciantes, informando que um representante comercial estava vendendo sabão em pó adulterado no bairro Centro. 

Material apreendido (Foto: Divulgação)

Paixão relatou que na tarde de quarta-feira (4/7), por volta das 16h, Marcos tentava realizar uma nova negociação com um comerciante daquela região, quando a equipe da Decon foi acionada pelo proprietário do estabelecimento comercial, situado na rua Barão de São Domingos, bairro Centro. Em ato contínuo, os policiais civis se deslocaram até o endereço indicado, onde encontraram o infrator.

(Foto: Divulgação)

“Conduzimos Marcos até a unidade policial e ele resolveu colaborar com as investigações, nos levando até a casa dele, situada na travessa Mundurucus, bairro Centro. Um cômodo do imóvel funcionava como laboratório, onde o infrator realizava a adulteração do material de limpeza. No local encontramos diversas embalagens de sabão em pó de marca inferior e também as caixas de uma marca renomada”, explicou Eduardo Paixão.

(Foto: Divulgação)

De acordo com o titular da Decon, Marcos retirava sabão em pó da marca inferior e acondicionava na caixa de uma marca reconhecida no mercado. Ou seja, ele revendia produto falsificado aos comerciantes, que disponibilizavam, sem conhecimento, os produtos para venda nos respectivos estabelecimentos comerciais deles. O material apreendido será encaminhado para perícia no Instituto de Criminalística (IC) e posteriormente será doado para instituições de caridade.

(Foto: Divulgação)

Marcos foi autuado em flagrante por tentativa de estelionato, receptação e falsificação de produtos. Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

(Foto: Divulgação)

O delegado ressaltou que os servidores da especializada têm como compromisso a qualidade do produto vendido ao comerciante e também ao consumidor. A autoridade policial informou, ainda, que quem tiver informações sobre irregularidades que possam ferir relações de consumo, entrar em contato com servidores da Decon por meio dos números: (92) 99962-2731 e 3214-2264. O prédio da Decon está situado na avenida Lourenço da Silva Braga, conhecida como  Manaus Moderna, nº 504, bairro Centro.
 

Comentários