Notícias

Polícia Civil prende homem com arma de fogo e material para a fabricação de documentos e dinheiro falsos, na zona norte

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), sob o comando do delegado Rafael Allemand, titular da unidade policial, prendeu em flagrante, no início da tarde de terça-feira (15/5), por volta de meio-dia, Mayron Cleiber de Araújo Assunção, 28, por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, falsificação de documento e fabricação de moeda falsa.

Mayron Cleiber de Araújo Assunção (Foto: Divulgação)

De acordo com a autoridade policial, a equipe da Derfv chegou até o infrator após receber denúncia-anônima, informando que um indivíduo com as características de Mayron estaria falsificando documentos em um local na rua Ibicaré, bairro Novo Aleixo, zona norte da capital, lugar onde aconteceu a prisão do elemento.

“Nos deslocamos até o endereço indicado e encontramos Mayron. Achávamos que ele estaria realizando a falsificação de documentos de carros, mas durante revista no local, encontramos diplomas de universidade, de conclusão de Ensino Médio e também dinheiro falsos. Em posse dele apreendemos, ainda, uma arma de fogo calibre 32, com a numeração suprimida”, explicou Allemand.

Material apreendido (Foto: Divulgação)

O titular da Derfv ressaltou que os policiais civis encontraram no local uma impressora, carimbos e papel específico para a produção de documentos falsos. Conforme Allemand, durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) foi verificado que Mayron já tinha passagem pela polícia por porte de arma de fogo de uso permitido, ameaça e falsificação de documento público.

Arma apreendida (Foto: Divulgação)

Em depoimento na unidade policial, o homem confessou a posse da arma, mas negou a fabricação dos documentos e do dinheiro falsos. Mayron foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, falsificação de documento e fabricação de moeda falsa. Ao término dos procedimentos cabíveis na Derfv, o infrator será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.  

  

(Foto: Divulgação)
 

Comentários