Notícias

Polícia Civil cumpre mandado de busca e apreensão em nome de jovem envolvido em roubo e extorsão

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), sob o comando da delegada Elizabeth de Paula, titular da unidade policial, apreendeu na manhã desta segunda-feira (16/4), por volta das 8h30, um jovem de 18 anos, em cumprimento a mandado de busca e apreensão em nome dele, por extorsão e roubo majorado. O infrator foi apreendido na casa onde morava, situada na Comunidade Mundo Novo, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus.

Jovem apreendido (Foto:Divulgação)

Conforme Elizabeth de Paula, o jovem cometeu os crimes quando ainda era adolescente, no dia 21 de janeiro deste ano. Na ocasião, o infrator e dois comparsas solicitaram uma corrida, por meio de um aplicativo de transporte privado urbano, com saída do bairro Flores, zona centro-sul, com destino à Comunidade Jesus me Deu, bairro Colônia Terra Nova, zona norte. No local combinado o motorista foi rendido pelo trio, que estava em posse de uma arma de foto. A vítima teve R$ 96 em espécie subtraídos pelos infratores.

“O trio obrigou o motorista a dirigir até uma pizzaria, situada na Comunidade Jesus me Deu. No lugar, os infratores subtraíram aparelhos celulares e certa quantia em dinheiro dos clientes. Policiais militares foram acionados para atender a ocorrência e, lograram êxito na abordagem do veículo em que os infratores estavam. Os jovens foram interceptados e o menor infrator conduzido à Deaai”, relatou a autoridade policial.

A delegada explicou que após os procedimentos na especializada, o jovem foi encaminhado ao Juizado da Infância e da Juventude Infracional (Jiji), onde ficou internado durante 45 dias e foi liberado.

Ordem Judicial- O mandado de busca e apreensão em nome do infrator foi expedido no dia 2 de abril deste ano, pelo juiz Mateus Guedes Rios, do Jiji. O jovem irá responder por ato infracional análogo aos crimes de extorsão e roubo majorado. Ao término dos procedimentos legais na Deaai, ele será encaminhado ao Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, onde deverá ficar internado por três anos.


 

Comentários