Notícias

Ação conjunta resulta na prisão de dupla com 11 kg de maconha do tipo skunk na Rodovia Manoel Urbano

A Polícia Civil do Amazonas, representada pela delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), falou na tarde desta segunda-feira (04/12), durante coletiva de imprensa realizada às 15h, no prédio da Delegacia Geral, sobre ação conjunta envolvendo servidores da Secretaria Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), policiais civis lotados no Denarc e apoio de agentes do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, que culminou nas prisões, em flagrante, de Daniel Figueiredo da Silva, 25, e Flaviano Ponte de Paula, 22, com 11 quilos de maconha do tipo skunk, avaliados em R$ 60 mil.  

Daniel Figueiredo da Silva e Flaviano Ponte de Paula, respectivamente (Foto: Erlon Rodrigues)

Conforme a autoridade policial, as prisões foram efetuadas na manhã desta segunda-feira (04/12), por volta das 9h, na Rodovia Manoel Urbano, que interliga Manaus ao município de Iranduba, distante 27 quilômetros em linha reta da capital. O fato ocorreu após as equipes do Denarc e Seai montarem uma barreira no lugar com o intuito de coibir o transporte de entorpecentes.

Material encontrado (Foto: Erlon Rodrigues)

“Daniel e Flaviano estavam a bordo de um veículo da montadora Chevrolet, modelo Celta, de cor prata, pertencente a uma concessionária de serviços de telecomunicações, onde Daniel trabalhava. Durante revista no interior do automóvel encontramos no porta-malas 11 quilos de maconha do tipo skunk, avaliados em R$ 60 mil”, explicou Albano.
A delegada ressaltou que Daniel afirmou, em depoimento, que receberia R$ 5 mil pelo transporte da droga. Já Floriano informou que foi convidado por Daniel para auxiliar no transporte da substância ilícita e que, em troca, iria ganhar R$ 500 como pagamento pelo serviço. 

Material apreendido (Foto: Erlon Rodrigues)

Segundo a diretora-adjunta do Denarc, os infratores revelaram que a mercadoria ilícita apreendida é proveniente do município de Japurá, distante 744 quilômetros em linha reta de Manaus. Eles receberam a droga em Manacapuru e tinham como destino final a capital.

Os infratores foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Ao término dos procedimentos cabíveis na base do Denarc, a dupla será levada para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul.

 

(Foto: Erlon Rodrigues)

Comentários