Notícias

Equipe do 30º DIP prende jovem denunciado por homicídio com arma, munições e drogas no bairro Jorge Teixeira

Emerson Brasil da Silva, 21, foi preso, em flagrante, na manhã desta terça-feira, dia 31, pela equipe de investigação do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), coordenada pelo delegado Rafael Guevara, titular da unidade policial. O jovem foi preso na Comunidade Alfazema, situada no bairro Jorge Teixeira, zona Leste da capital, em posse de uma arma de fogo, munições e drogas.

Emerson Brasil da Silva (Foto: Divulgação)

Conforme o delegado Rafael Guevara, a equipe de investigação da unidade policial chegou até o infrator após receber denúncias, feitas na delegacia, informando que Emerson seria autor do homicídio de Marcondes Meireles Brito, ocorrido no último dia no dia 23 de outubro, na Avenida Itaúba, localizada no bairro Jorge Teixeira. A vítima tinha 20 anos.

“Depois da delação, iniciamos as diligências para localizar o infrator e hoje conseguimos prendê-lo na residência onde ele morava. Durante revista no imóvel, encontramos um revólver de calibre 38, sete munições de calibre 44 intactas, 10 munições de calibre 38 intactas e três deflagradas, além de oito projéteis de calibre 12 intactos. No lugar apreendemos também, cinco porções de maconha, dez trouxinhas da mesma substância, três rádios comunicadores e uma balança de precisão”, explicou Guevara.

No 30º DIP, Emerson foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo e munições de uso permitido e restrito. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial o infrator será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, situado no bairro São Francisco, zona Sul.

O delegado ressaltou, ainda, que durante depoimento na unidade policial, Emerson confessou a autoria do homicídio de Marcondes Meireles Brito. Por este motivo, após a Audiência de Custódia, o infrator será encaminhado à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde serão realizados os trâmites cabíveis em torno do homicídio.

Comentários