Notícias

Polícia Civil dá início à terceira etapa de projeto social com a realização de exposição de painéis

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado-geral da instituição, Francisco Sobrinho, realizou na manhã desta quarta-feira, dia 30, às 8h, a abertura da terceira etapa do projeto “Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades” com a exposição de painéis educativos que priorizam os temas abordados durante as palestras ministradas na primeira etapa do projeto. O evento aconteceu na quadra poliesportiva da Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Elisa Bessa Freire, localizada na Avenida Itaúba, bairro Jorge Teixeira, zona Leste da cidade.

A exposição de painéis educativos que priorizam os temas abordados durante as palestras ministradas (Foto: Erlon Rodrigues)

Também estiveram presentes na cerimônia de abertura o delegado-geral adjunto da instituição, Izair Soares da Silva, juntamente com a coordenadora social do projeto pela Polícia Civil, investigadora Priscila Costa, além da chefe da Divisão Distrital da Zona Leste 1, Renata Moraes, responsável pelas 32 escolas municipais participantes da amostra de painéis.

O projeto contará com a participação de todas as escolas contempladas pela iniciativa neste ano, um total de 96 escolas da rede pública, tanto da esfera municipal como estadual (Foto: Erlon Rodrigues)

Conforme Priscila Costa, a terceira etapa do projeto “Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades” contará com a participação de todas as escolas contempladas pela iniciativa neste ano, um total de 96 escolas da rede pública, tanto da esfera municipal como estadual, situadas na zona Leste da capital. Segundo o cronograma, na manhã de hoje, dia 30, estiveram presentes alunos de 32 escolas municipais da zona Leste 1. No segundo dia da exposição, que ocorrerá amanhã, dia 1º, será a vez da participação de escolas estaduais. As atividades seguem até sexta-feira, dia 2, com as escolas municipais da zona Leste 2 e o encerramento dessa etapa do projeto.

As atividades seguem até sexta-feira, dia 2, com as escolas municipais da zona Leste 2 (Foto: Erlon Rodrigues)

“Hoje nós estamos dando início à terceira fase do projeto realizando essa exposição de painéis culturais englobando assuntos referentes à Segurança Pública. Os trabalhos estão sendo apresentados por estudantes de 32 escolas municipais da rede pública da zona Leste 1, pois existe uma divisão na capital de escolas da rede pública na zona Leste, separadas por 1 e 2. Os temas que estão sendo apresentados hoje, na abertura, foram abordados nas salas de aula dessas escolas pela equipe do projeto, que teve a missão de realizar um trabalho preventivo com crianças e adolescentes”, explicou Priscila Costa.

Renata Moraes, enfatiza que o projeto “Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades” é muito importante para a sociedade, possibilitando a aproximação de duas instituições que cuidam da população (Foto: Erlon Rodrigues)

A chefe da Divisão Distrital Leste 1, Renata Moraes, enfatizou, ainda, que o projeto “Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades” é muito importante para a sociedade, possibilitando a aproximação de duas instituições que cuidam da população. “A partir dessa parceria é estabelecido um vínculo com os nossos alunos, compartilhando temáticas importantes, relacionadas a crimes mais recorrentes, que são discutidas com profissionais da área, auxiliando a formar uma consciência crítica dos futuros cidadãos da nossa cidade”, argumentou.

Matheus, 10, relatou que se divertiu bastante na produção do painel feito pela escola onde estuda (Foto: Erlon Rodrigues)

Matheus Silva Alcântara, 10, estudante da Escola Municipal Engenheiro Antônio Nelson Oliveira Neto, situada na Rua Rio Servine, bairro Armando Mendes, zona Leste da capital, relatou que se divertiu bastante na produção do painel feito pela escola onde estuda, além de ter aprendido bastante sobre o meio ambiente e também da importância da sustentabilidade.

"Pude aprender muitas coisas que posso colocar em prática no dia a dia" (Foto: Erlon Rodrigues)

“Participar do projeto foi bem inspirador, na minha opinião. Pude aprender muitas coisas que posso colocar em prática no dia a dia. Como por exemplo não descartar algumas cascas de alimentos, especialmente frutas, que podem ser reaproveitadas”, pontuou o aluno. 

A terceira fase do projeto visa acompanhar o resultado do trabalho que foi realizado nas escolas ao longo deste ano (Foto: Erlon Rodrigues)

De acordo com Francisco Sobrinho, a terceira fase do projeto visa acompanhar o resultado do trabalho que foi realizado nas escolas ao longo deste ano. “A participação dessas escolas está sendo excepcional, pois é o momento de conscientização a respeito de determinadas atividades cotidianas. Eu me surpreendi muito com o trabalho feito pelas crianças e gestoras dessas escolas que estão participando do projeto. Estão todos de parabéns!”, concluiu.

Segunda fase

Na última semana, no período de 21 a 25 de novembro, aconteceu a segunda etapa do projeto “Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades”, idealizado e mantido por Francisco Sobrinho. Nesse período foi realizado torneio esportivo que reuniu estudantes de 52 escolas da rede pública, tanto da esfera estadual como municipal, situadas na zona Leste. As atividades foram divididas em duas modalidades desportivas: Futsal e Queimada, disputadas nas categorias: mirim (alunos nascidos entre 2005 e 2007); infantil (aos que nasceram entre 2002 e 2004); juvenil (aos que nasceram entre 1998 e 2001).

A premiação dos times vencedores aconteceu na última sexta-feira, dia 25, na quadra poliesportiva da Escola Estadual Áurea Pinheiro Braga, situada na Avenida Perimetral, Comunidade Cidade Leste, bairro São José Operário, zona Leste.

Na modalidade Queimada, naipe feminino, categoria mirim, sagraram-se campeãs as alunas do Centro de Educação em tempo Integral (Ceti) Cinthia Regia Gomes do Livramento. Já na modalidade Futsal, naipe masculino, categorias mirim, infantil e juvenil, os campeões foram, respectivamente, os estudantes da Escola Municipal Hemetério Cabrinha, Escola Estadual Cacilda Braule Pinto e Escola Municipal Arthur Engracio da Silva. No naipe feminino, nas categorias infantil e juvenil, na modalidade Futsal, as campeãs foram as alunas do Ceti Irmã Gabrielle Colgels e Escola Estadual Maria Madalena Santana de Lima.

Sobre o projeto

O “Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades” é um projeto que tem por objetivo fornecer condições de apoio para que os gestores das escolas da rede pública possam refletir, discutir e desenvolver ações que possibilitem a redução da violência e dos índices de tráfico e consumo de drogas no contexto escolar e comunitário.

As atividades em torno do projeto, neste ano, tiveram início no dia 26 de julho. Ao todo, foram contempladas 96 escolas da rede pública de ensino, sendo 31 da esfera estadual e 65 mantidas pela Prefeitura Municipal de Manaus (PMM). Todas situadas na zona Leste da capital.

Nesses locais aconteceram, quase que diariamente, palestras ministradas por servidores da Polícia Civil do Amazonas, como o próprio delegado-geral, Francisco Sobrinho. Durante os encontros foram tratados assuntos distintos, como as consequências do envolvimento com o tráfico de drogas, bullying, violência doméstica, exploração sexual de menores e a importância do acompanhamento dos pais no dia a dia dos estudantes.

Conforme os policiais civis envolvidos no projeto “Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades” a iniciativa contemplou, neste período deste ano, cerca de 51.194 mil alunos e 8.248 mil pais. Nas proximidades dessas instituições de ensino estão acontecendo, diariamente, ações policiais em combate à criminalidade, realizadas por integrantes da equipe “Guardião”, lotada no gabinete do delegado-geral.

Segundo Francisco Sobrinho, a equipe “Guardião” tem atuado em toda a capital, sob a coordenação do delegado Henrique Brasil, para verificar a veracidade das denúncias relacionadas à comercialização de drogas perto de instituições de ensino na cidade. Qualquer pessoa pode colaborar com o trabalho da Polícia Civil, delatando os infratores por meio do número: (92) 99962-2376. Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes.

Comentários