Notícias

Polícia Civil fecha 72 estabelecimentos comerciais durante a operação Lei Seca deflagrada em Manaus

A Polícia Civil do Amazonas, sob o comando do delegado-geral da instituição, Francisco Sobrinho; delegado-geral adjunto, Izair Soares da Silva, e do diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Geraldo Eloi, deflagrou na noite de sábado, dia 29, e na madrugada deste domingo, dia 30, a operação “Lei Seca'', que resultou no fechamento de 72 estabelecimentos comerciais na capital por estarem comercializando bebidas alcoólicas na noite que antecedeu o segundo turno das eleições municipais 2016, que ocorre neste domingo, dia 30.

Operação “Lei Seca'' (Foto: PCAM)

De acordo com o diretor do DPM, foram identificados, descumprindo as restrições relacionadas à venda e consumo de bebidas alcoólicas estabelecidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Amazonas (TRE-AM), 13 bares na zona Norte; 17 na zona Leste; 18 na zona Sul; oito na zona Oeste; nove na zona Centro-Sul e sete na zona Centro-Oeste.

Operação “Lei Seca'' (Foto: PCAM)

Conforme o delegado Geraldo Eloi, ação contou com o efetivo de 145 servidores lotados na 1ª Seccional Sul, 2ª Seccional Norte, 3ª Seccional Leste, 4ª Seccional Oeste, 5ª Seccional Centro-Sul e 6ª Seccional Centro-Oeste, coordenados pelos respectivos delegados titulares das unidades policiais: Rodrigo Barreto, Fernando Bezerra, Pablo Geovanni, Tarson Yuri, Virgílio Mendonça e Abrahão Serruya. Também estiveram presentes na operação, policiais civis que atuam nas delegacias especializadas e Distritos Integrados de Polícia (DIPs) das áreas de abrangência das respectivas seccionais.

Operação “Lei Seca'' (Foto: PCAM)

“Essa operação é repressiva no sentido de coibir o consumo e a venda de bebidas alcoólicas neste segundo turno das eleições municipais. O horário estabelecido para fechamento dos estabelecimentos foi estendido para às 23h, então após esse horário realizamos diligências em bares, lanchonetes e locais públicos da capital para reprimir a venda e o consumo de bebidas alcoólicas. Esse é objetivo da operação “Lei Seca”, reprimir os crimes eleitorais, como determinado pelo TRE-AM. Estivemos nas ruas para assegurar que as medidas fossem cumpridas”, explicou o diretor do DPM.

Diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Geraldo Eloi (Foto: PCAM)

Eloi informou que a Polícia Civil estará presente nas ruas durante o pleito deste domingo, com intuito de assegurar à proteção da sociedade e resguardar a ordem nas ruas da capital. A autoridade policial ressaltou, ainda, que além das 11 Centrais de Flagrantes, que funcionam 24h, os 4°; 13°; 25°; 26°; 27°; 28°; 29°, e 30° DIPs situados nas zonas Norte e Leste de Manaus irão funcionar, das 8h às 18h, neste domingo.

Comentários