Notícias

Polícia Civil prende oito pessoas durante operação deflagrada nesta semana

A Polícia Civil do Amazonas, por determinação do delegado-geral da instituição, Francisco Sobrinho, deflagrou no decorrer desta semana a operação “Nova Aliança”, que resultou nas prisões de Wellemberg Vieira Bello, 28; Henrique Felix Carvalho dos Santos, 38; Lucas Lima da Silva, 21, conhecido como “Chocolate”; Raniere Brasil Oliveira, 29; Marcio Conceição Alves, 32; Lindomar Ricardo Tavares da Silva, 41; José Carlos Oliveira Marques, 34, e Júlio Cesar Batista dos Santos, 25, envolvidos em crimes distintos na capital.

Ação resultou na prisão de oito pessoas (Foto: Roberto Carlos)

Iniciada na última quarta-feira, dia 27, a operação foi concluída na manhã desta sexta-feira, dia 29, e foi desencadeada em conjunto com servidores que atuam no Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), gabinete do delegado-geral, Grupamento de Operações Aéreas (GOA), além de  integrantes da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai) da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM) e  policiais militares da Companhia de Operações Especiais (COE).

Operação teve participação de servidores do DRCO, Denarc, Fera, GOA,  Seai, SSP-AM e COE. (Foto: Erlon Rodrigues)

A ação teve por objetivo cumprir 24 mandados de busca e apreensão, dois mandados de prisão preventiva e um mandado de prisão temporária, com o intuito de reduzir os índices de homicídios e roubos relacionados ao crime de tráfico de drogas na zona Oeste da cidade. Os 24 mandados de busca e apreensão foram expedidos nesta semana, pela juíza Rosália Guimarães Sarmento, da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute). Os infratores foram apresentado na manhã de hoje, às 10h45, durante coletiva de imprensa realizada no prédio da Delegacia Geral da Polícia Civil do Amazonas, na zona Centro-Oeste da cidade.

Infratores foram apresentados durante coletiva (Foto: Roberto Carlos)

Os trabalhos iniciaram na tarde do dia 27, com a prisão de Wellemberg na casa dele, situada no Beco da Paz, na segunda etapa do bairro Compensa, zona Oeste, em cumprimento a mandado de prisão preventiva. O documento em nome de Wellemberg foi expedido pelo juiz Luís Carlos Honório de Valois Coelho, da Vara de Execuções Penais (VEP). Ainda na quarta-feira, os policiais cumpriram mandado de prisão preventiva em nome Henrique, encontrado pelas equipes em uma residência na Avenida da Liberdade, bairro Santo Agostinho, também na Zona Oeste.

(Foto: Erlon Rodrigues)

Na manhã de quinta-feira, dia 28, os policiais efetuaram a prisão em flagrante de Júlio Cesar na residência dele, localizada na Rua Londres, Comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, zona Leste. Com o infrator foram apreendidas 94 trouxinhas de maconha e 68 trouxinhas de substância entorpecente com aspecto de pasta base de cocaína. De acordo com as investigações, no local funcionava uma ramificação de vendas de entorpecentes do bairro Compensa.

Em continuidade às diligências, na manhã desta sexta-feira, dia 29, as equipes prenderam Lucas em cumprimento a mandado de prisão temporária, com prazo de 30 dias, expedido pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro, do Plantão Criminal. O jovem foi encontrado na casa onde morava, localizada na Rua Manaus, bairro Compensa. De acordo com os policiais civis do DRCO, Lucas seria autor de dois homicídios e uma tentativa de homicídio ocorridos neste ano, na zona Oeste da cidade, decorrentes da disputa de pontos de comercialização de drogas naquela área.

Raniere foi preso em flagrante na residência dele, localizada na Rua Belo Horizonte, segunda etapa do bairro Compensa. Com o homem foi apreendida uma porção grande de drogas com aparência de cocaína. Também foram encontradas com ele peças de motocicletas, que, de acordo com os policiais que realizaram a prisão, são receptadas. Já Marcio também foi preso em situação de flagrante, na Rua Dois, terceira etapa do bairro Compensa. Com ele foram encontrados cerca de R$ 112 mil em espécie e munições de calibre 38.

112 mil em espécie foram encontrados (Foto: Roberto Carlos)

Arma, entorpecente e dinheiro apreendidos durante operação (Foto: Erlon Rodrigues)

Em um imóvel situado na Rua São Pedro, bairro Compensa, os policiais encontraram Lindomar e José Carlos. Com a dupla foram apreendidos 116 trouxinhas e quatro porções médias de cocaína em pó, um revólver calibre 38 com a numeração raspada, seis projéteis de calibre 38 intactos, quatro munições de calibre 380, uma balança de precisão e peças de automóveis. Conforme as investigações, no lugar funcionava um desmanche de veículos roubados ou furtados.

Na Rua Santa Luzia, bairro Japiim, zona Sul, os policiais desarticularam um laboratório de refino de entorpecentes. No lugar foram apreendidas 1.473 mil trouxinhas e 25 porções de pasta base de cocaína, além de material para mistura e embalo de drogas. No momento da ação as pessoas que estavam no local conseguiram empreender fuga.

Ao longo da coletiva de imprensa, o diretor do DRCO, delegado Juan Valério, falou sobre as investigações e o trabalho integrado envolvendo os servidores da Polícia Civil e policiais militares da COE. “A equipe do DRCO vem realizando operações em conjunto com todos os departamentos, juntamente com a SSP/AM, por determinação do delegado-geral. As investigações em torno dessa operação tiveram duração de um mês. O emprenho dos policiais que atuaram ao longo dos trabalhos impactou no êxito da ação”, argumentou Valério.

Diretor do DRCO, delegado Juan Valério (Foto: Erlon Rodrigues)

O diretor do Denarc, delegado Paulo Mavignier, destacou a importância dos trabalhos realizados. “Durante a ação conseguimos desarticular um laboratório de refino de drogas e ainda apreendemos mais uma quantidade relevante de entorpecentes. O Denarc, em conjunto com os outros departamentos da instituição, continuará trabalhando com dedicação com o intuito de reprimir o tráfico de drogas e, com isso, reduzir os índices de criminalidade na cidade”, enfatizou.

Diretor do Denarc, delegado Paulo Mavignier (Foto: Erlon Rodrigues)

Delegado titular da Delegacia Interativa (DI) e coordenador do projeto “Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades” da Polícia Civil, Henrique Brasil, ressaltou que essas operações terão continuidade em outros pontos da capital. “Essa foi uma ação desencadeada envolvendo os departamentos da instituição, por determinação do delegado-geral, Francisco Sobrinho, em prol da sociedade e contra o crime organizado. Essas ações serão constantes. Desta vez centralizamos nossos esforços no bairro Compensa. Entretanto, iremos estender para outras áreas da cidade. Para isso contamos com a colaboração da população, por meio de denúncias””, disse.   

Delegado titular da DI e coordenador do projeto “Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades” da Polícia Civil, Henrique Brasil (Foto: Roberto Carlos)

Wellemberg irá responder processo por roubo. Henrique foi indiciado por roubo. Lucas será indiciado por dois homicídios e uma tentativa de homicídio. Raniere foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Marcio foi autuado por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Lindomar e José Carlos foram autuados por tráfico de drogas, petrechos, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Júlio Cesar foi autuado por tráfico de drogas.

Ao término dos procedimentos cabíveis, realizados no DRCO e Denarc, Wellemberg, Henrique, Lucas, Raniere, Marcio, Lindomar, José Carlos e Júlio Cesar serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, onde irão permanecer à disposição da Justiça.

Comentários