Notícias

Ação conjunta realizada no Conjunto Vieiralves resulta nas apreensões de 20 motocicletas em situação irregular

A Polícia Civil do Amazonas, por meio das equipes da 5ª Seccional Centro-Sul, 16º e 22º Distritos Integrados de Polícia (DIPs), em ação conjunta com policiais militares lotados nas 16ª e 22ª Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms) e agentes do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), deflagrou na tarde de quinta-feira, dia 28, por volta das 17h30, a terceira fase da operação “Paz na Comunidade”, tendo como objetivo proporcionar mais segurança à sociedade e coibir práticas criminosas como roubos, tráfico de drogas e homicídios no Conjunto Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças. A ação resultou nas apreensões de 20 motocicletas em situação irregular.

 A ação teve como objetivo proporcionar mais segurança à sociedade e coibir práticas criminosas como roubos, tráfico de drogas e homicídios no Conjunto Vieiralves (Foto: Divulgação)

De acordo com o coordenador da operação, o delegado titular da 5ª Seccional Centro-Sul, Virgílio Mendonça, duas barreiras do foram montadas nas Avenidas João Valério e Djalma Batista. “Nos locais de fiscalização realizamos consultas pelo Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) e pelo sistema do Detran-AM, visando identificar os veículos com restrições de furto e roubo, chassi adulterado, placas clonadas e condutores com mandados de prisão em aberto. Também realizamos abordagens, revistas e fiscalizações policiais em bares, ruas e becos adjacentes do bairro, como Carangola, Cachoeira e Sucupira”, disse. 

Virgílio Mendonça ressaltou que as 20 motocicletas apreendidas ao longo da ação apresentavam pendências administrativas junto ao Detran-AM. Entre as infrações encontradas: Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) atrasados, motoristas sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e adolescentes conduzindo motocicletas.

Comentários