Notícias

Diretor do DPI deflagra operação no interior do Estado com o intuito de reprimir práticas ilícitas nos municípios

A Polícia Civil do Amazonas, por meio do Departamento de Polícia do Interior (DPI), sob a coordenação do diretor da unidade policial, delegado Mariolino Brito, deu continuidade na última quinta-feira, dia 26, à operação “Interior Seguro”, que ocorreu, simultaneamente, nos municípios de Silves, Itapiranga e São Sebastião do Uatumã. Conforme a autoridade policial, a ação, que teve duração de três dias, visou o combate ao tráfico de drogas e uso ilegal de arma de fogo nos referidos locais.

Em Silves e Itapiranga, sob o comando dos respectivos delegados titulares das unidades policiais, João Manuel Figueiras Junior e João Martins, as ações, que tiveram o reforço de policiais militares, iniciaram por volta de meio-dia, no quilômetro 92 da estrada AM-363, que interliga Manaus aos municípios em questão. O delegado da 40ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Silves, João Manuel Filgueiras Junior, ressaltou que ao longo dos dias foram realizadas blitze e abordagens pelas ruas.
“As fiscalizações aconteceram em aproximadamente 60 veículos e realizamos abordagens em mais de 160 pessoas, que resultaram nas apreensões de quatro armas de fogo do tipo espingarda, seis cartuchos, um toco de arma de fogo e uma porção de cocaína em pedra”, esclareceu João Manuel.

Ainda de acordo com o delegado, quatro pessoas foram presas em flagrante, por crimes distintos, como homicídio, furto de combustível, porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada e receptação. “Os infratores foram conduzidos à 38ª DIP, em Itapiranga,  uma vez que foram presos na circunscrição daquele município. No local foram realizados os procedimentos legais. Os infratores permanecem presos na carceragem da delegacia, à disposição da Justiça”, explicou João Manuel.

Titular da 44ª DIP de São Sebastião do Uatumã, o delegado Claudenor Medeiros disse que as ações de combate à criminalidade que ocorreram no município resultaram nas apreensões de dois adolescentes envolvidos em furto a uma escola estadual. O crime ocorreu na madrugada da última quinta-feira, dia 26, por volta de 1h30. “Os adolescentes arrombaram as portas do centro de ensino e furtaram três aparelhos televisores”, disse Claudenor.

O diretor do DPI, Mariolino Brito, enfatizou que os resultados estão sendo satisfatórios e as operações devem continuar no interior do Estado para que as práticas criminosas sejam combatidas.

Comentários