Notícias

Polícia Civil encerra Semana da Saúde com expectativas superadas

A Polícia Civil do Amazonas, por meio do Departamento de Controle e Avaliação (DCA), encerra nesta sexta-feira (31) as atividades em comemoração a 9ª Semana da Saúde, voltada aos servidores da instituição. A ação aconteceu durante toda a semana nas dependências da sede da Delegacia Geral, localizada na Avenida Pedro Teixeira, n° 180, bairro Dom Pedro, na Zona Oeste, sob a coordenação do Diretor de Departamento de Controle e Avaliação (DCA), Paulo Sampaio.

Vários serviços de saúde foram oferecidos para servidores da instituição e também para seus familiares. O evento contou com a participação do programa de saúde “Carreta da Mulher”, uma unidade móvel que oferece serviços laboratoriais como exames de mamografia, preventivo, ultrassonografia etc. A enfermeira responsável pela supervisão dos procedimentos oferecidos, Nadine Rodrigues, destaca a conquista da estrutura de saúde durante essa semana. “Nós sabemos que por conta do evento Outubro Rosa, as Carretas da Mulher acabam-se tornando extremamente disputadas pelas instituições. Existem quatro unidades dessas carretas em Manaus e foi uma dádiva poder receber uma delas aqui na Delegacia Geral para prestar os atendimentos”, ressaltou a enfermeira do Departamento de Controle e Avaliação.

O evento contou com um time de 32 servidores da instituição que deram suporte ao atendimento durante os serviços de saúde. O DCA contabilizou mais de 50 atendimentos diários a homens e mulheres, como massoterapia, corte de cabelo e até mesmo procedimentos de beleza. O Departamento conta com uma base multiprofissional de mais de 30 servidores entre médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais que tem como foco dentro da Polícia Civil, o acompanhamento dos servidores.

Mesmo sendo ponto facultativo nesta sexta-feira, os atendimentos continuarão normalmente, pois nossas expectativas foram totalmente superadas, com mais de 250 atendimentos oferecidos ao longo de toda a semana. De acordo com a coordenação do DCA, ano que vem a meta é intensificar essa ação para todos os servidores de atenção integral a saúde da mulher e do homem policial. “As pesquisas mostram que se não houver um cuidado especial em relação a esses profissionais da segurança, podem ocorrer adoecimentos que venham afastá-los e não é isso que nós queremos. Nosso desejo é prestar toda atenção à saúde, a cultura e ao lazer desse policial”, destacou o Diretor do DCA, Paulo Sampaio.

Comentários