Notícias

Em Manacapuru, PC-AM prende três por estupro de vulnerável

A vítima sofria violência física e sexual desde seus nove anos

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), prendeu, na sexta-feira (18/11), por volta das 6h, três pessoas pelo crime de estupro de vulnerável. Uma mulher de 36 anos, e dois idosos de 61 e 63 anos, respectivamente, tiveram os mandados de prisão preventiva cumprido no bairro Lago Azul, naquele município. A vítima, de 12 anos, é filha, neta e sobrinha dos autores.

De acordo com a delegada Roberta Merly, titular da unidade especializada, as diligências iniciaram após a equipe policial receber uma denúncia do Conselho Tutelar, informando que uma adolescente estava sofrendo o crime de estupro de vulnerável.

“Em depoimento, a adolescente relata que era violentada sexualmente desde seus nove anos de idade. O crime era cometido por seu avô e por seu tio. Já e sua mãe teria conhecimento dos fatos, além de agredir fisicamente a adolescente”, explicou Roberta.

A autoridade policial destaca que, com base nos relatos, as investigações iniciaram e no decorrer das diligências foi representado à Justiça pelo mandado de prisão dos indivíduos envolvidos no crime. Posteriormente, a ordem judicial foi cumprida no dia 18 de novembro deste ano.

Decisão judicial e procedimentos

Os mandados foram expedidos no dia 11 de novembro desse ano, pelo Juiz de Direito Fabio Cesar Olintho De Souza, da vara de Plantão Criminal da comarca de Manacapuru.

Os três foram presos em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelo crime de estupro de vulnerável. Após os procedimentos cabíveis na DEP, os mesmos ficaram à disposição do Poder Judiciário. Já a adolescente está na guarda de familiares.

Comentários