Notícias

PC-AM destaca atuação e resultados da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações

Operação DERFD (Fotos: Mayara Vianna/PC-AM)

A DERFD instaurou 255 Inquéritos Policiais (IPs) e elucidou todos os casos de sua competência

Durante 2021, a Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), que é uma das principais unidades da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), realizou um intenso trabalho no combate à criminalidade e deflagrou várias operações. A unidade especializada instaurou 255 inquéritos policiais, de janeiro a novembro do ano passado, e elucidou todos os casos de sua competência. Os dados são da Divisão de Recebimento, Análise e Distribuição de Inquéritos (Drad) da PC-AM.

O delegado Denis Pinho, titular da DERFD, destacou que esse resultado é fruto de muito trabalho desempenhado pelos policiais que compõem a unidade especializada, bem como das demais parcerias realizadas com as Forças de Segurança do Estado, com a implementação do programa Amazonas Mais Seguro, do Governo do Estado.

Delegado Denis Pinho (Foto: Erlon Rodrigues/PC-AM)

“Solucionamos mais de 200 casos que foram investigados pela Especializada. Além disso, deflagramos diversas operações no Amazonas e em outros estados, em casos de grande repercussão. Com isso, encerramos 2021 com um saldo positivo no combate aos crimes de roubo, furto e defraudações”, esclareceu o delegado.

Grandes operações – A autoridade policial informou que uma das ações de destaque da DERFD foi a Operação Blockchain Face, deflagrada no dia 27 de novembro de 2021, em cumprimento a mandados de busca e apreensão, com o intuito de desarticular uma organização criminosa que atuava com esquemas financeiros envolvendo criptomoedas de Bitcoin.

A ação policial ocorreu em zonas distintas da capital e também foi deflagrada nas capitais Brasília e São Paulo, ocasião em que dois veículos de luxo foram apreendidos, sendo uma Ferrari Spider e uma McLaren, avaliadas em R$ 5 milhões.

Operação DERFD (Fotos: Mayara Vianna/PC-AM)

“O prejuízo causado pelo grupo criminoso às vítimas ficou avaliado em aproximadamente R$ 100 milhões. Foi uma investigação complexa, porém a Polícia Civil mostrou mais uma vez a eficácia no combate a estes crimes, levando mais segurança e proteção para a nossa população amazonense”, ressaltou Pinho.

Além desta operação, também foram destaques a Operação Chama Azul, deflagrada em junho, que resultou na prisão de uma dupla envolvida em roubo e receptação de 209 botijas de gás; a Operação Discount Fake, que culminou no cumprimento de mandados de prisão em nome de 12 indivíduos, por praticarem crimes de furto mediante fraude contra um posto de combustível, em Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros da capital).

Operação DERFD (Fotos: Mayara Vianna/PC-AM)

“Em 2022, a DERFD continuará trabalhando intensamente para combater a criminalidade e trazer ainda mais segurança à população. Além de ressaltar o trabalho da Polícia Civil, é muito importante destacar a importância do apoio da população por meio da realização de denúncias”, destacou Denis Pinho.

Registro de Ocorrências – Caso a população tenha conhecimento sobre casos relacionados a crimes como roubos, furtos e defraudações, as denúncias podem ser realizadas na sede da DERFD, localizada na rua Cinco, s/nº, bairro Alvorada, zona centro-oeste da capital, bem como ligar no número 181, disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM). “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu o delegado.

O Boletim de Ocorrência (BO) também pode ser registrado na Delegacia Virtual (Devir), no endereço eletrônico: https://delegaciavirtual.sinesp.gov.br/portal/.

Comentários