Notícias

PC-AM realiza transferência de detentos apontados como mandantes dos incêndios criminosos em Itapiranga

Delegado Aldiney Nogueira (Foto: Divulgação/ PC-AM)

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da 38ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Itapiranga (distante 227 quilômetros da capital), com o apoio do 2º Batalhão da Polícia Militar (BPM), e da Guarda Civil Municipal (GCM), realizou na quarta-feira (09/06), por volta das 10h, a transferência de dois detentos que estavam na carceragem da unidade policial para a Unidade Prisional de Itacoatiara. Eles são apontados como possíveis mandantes dos incêndios criminosos ocorridos no município.

Conforme o titular da 38ª DIP, delegado Aldiney Nogueira, os detentos identificados como Erick Martins Amorim, de 25 anos, conhecido como “Fumaça”; e Marcelo Silva, 20, o “Papagaio”, possuem relação com um grupo criminoso.

“A transferência foi realizada por requerimento do Ministério Público do Amazonas (MPAM), após um compartilhamento de informações entre o MPAM e a PC-AM. Os dois homens estão respondendo por vários crimes, como roubo, tráfico de drogas, lesão corporal grave, furto, ocorridos em Itapiranga, Manaus, Silves, e outros municípios do interior”, relata o delegado.

Além da transferência dos detentos, foi realizada uma revista nas celas da carceragem, e foram encontrados quatro aparelhos celulares, oito carregadores, uma extensão de tomada, além de uma porção de maconha do tipo skunk.

Material Apreendido (Foto: Divulgação/ PC-AM)

“Esse trabalho serve como um recado para os integrantes desses grupos criminosos, que acham que podem atentar contra a paz social, e não terão nenhuma punição. Assim fica claro que o comando do nosso Estado pertence ao poder público, e não ao crime organizado”, reitera Nogueira.

Procedimentos – Erick e Marcelo já se encontram no presídio de Itacoatiara, à disposição da Justiça. Os celulares apreendidos na carceragem foram bloqueados, e serão encaminhados à perícia.

Segundo Aldiney, a delegacia já possui informações acerca dos possíveis executores dos atentados em Itapiranga, e as investigações estão em andamento para elucidar o caso.

Comentários