Notícias

Nova fase da operação Fique em Casa é realizada para fazer cumprir decreto governamental

Na manhã desta segunda-feira (04/05), as forças de Segurança realizaram uma nova fase da operação “Fique em Casa”, no Centro de Manaus, para conscientizar a população e fazer cumprir o decreto governamental de fechamento de estabelecimentos comerciais e de serviços não essenciais. Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a ação contou com a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) e Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).


Operação “Fique em Casa”. (Foto: Divulgação)

De acordo com o secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, com o descumprimento do decreto do Governo do Estado, será necessário remanejar efetivo policial para áreas mais críticas, com maior aglomeração de pessoas. “Estamos aqui buscando conscientizar a comunidade para que possamos voltar paulatinamente às atividades normais a partir do dia 13”, afirmou.


Operação “Fique em Casa”. (Foto: Divulgação)

Ainda conforme o secretário, os comerciantes poderão ter o Alvará de Funcionamento cassado caso persistam em burlar a lei. “Para os que estão com comida no meio da rua, por exemplo, o carro da limpeza pública vai passar e retirar, de maneira que nós vamos sitiar essa área aqui central e os comércios não vão abrir até o dia 13”, disse.


Operação “Fique em Casa”. (Foto: Divulgação)

Preservar vidas – O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, disse que o “vírus não é brincadeira” e que as pessoas precisam ter consciência da gravidade da doença. “O importante nesse momento é que não podemos perder vidas. Estamos nas ruas para dizer para a população ‘use máscaras, higienize suas mãos, evite o contato pessoal, respeite a distância social nas filas de bancos, casas lotéricas’. Esse é um vírus letal. Nós já perdemos policiais que estão na guerra, no combate, na linha de frente”, disse.

Segundo Norte, a Polícia está nas ruas para fazer cumprir a lei, e há perspectiva de reabertura de comércios nas próximas semanas. “Nosso trabalho não é de coerção. Se você necessita de um serviço essencial, banco, farmácia ou supermercado, saia sozinho, procure atentar para todas as normas da saúde. Nossa missão é conscientizar a população, é salvar vidas, e pedir aos comerciantes empresários que aguardem”, afirmou.

A delegada-geral da Polícia Civil, Emília Ferraz, destacou que nenhum camelô, no Centro, se recusou a fechar. “A ordem é ‘permaneçam em casa’. O cunho dessa operação é educacional, é para que as pessoas permaneçam em suas residências, para que no dia 13 a gente possa voltar a nossas vidas normais”, afirmou.

Trânsito – O Detran-AM realizou ações de fiscalização na zona leste. Inicialmente, foi montada uma barreira na avenida Itaúba para orientar os condutores sobre as medidas de restrição do decreto governamental. Além de orientar, os agentes removeram duas motocicletas em situação irregular, e os condutores foram autuados.

Comentários