Notícias

Polícia Civil prende jovem procurado pela autoria do homicídio de fisioterapeuta em Parintins

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Parintins, sob o comando da delegada Alessandra Trigueiro, titular da unidade policial, prendeu em flagrante, na manhã de segunda-feira (13/5), por volta das 9h, Alexandro Barros de Souza, 23, pela autoria do homicídio do fisioterapeuta Hugo de Souza Dias. O crime ocorreu no último domingo (12/5), por volta das 3h, no bairro Centro, naquele município, distante 369 quilômetros em linha reta da capital. A vítima tinha 30 anos.

Preso Alexandro Barros de Souza (Foto: Divulgação)

De acordo com a autoridade policial, no dia do crime, Hugo estava com um grupo de amigos em um bar, quando conheceu Alexandro e ofereceu R$ 100 para ter relações sexuais com o infrator. Conforme a delegada, os dois deixaram o estabelecimento e seguiram para a escadaria do porto da cidade. “Após a prática sexual, a vítima não tinha dinheiro para pagar Alexandro e ofereceu um relógio como pagamento. Eles travaram luta corporal e Hugo acabou caindo no rio”, relatou. 

A titular da DEP explicou que após Hugo cair no rio, Alexandro empreendeu fuga do local e não prestou socorro à vítima. Durante as investigações em torno do desaparecimento do fisioterapeuta, o corpo foi encontrado na manhã de segunda-feira (13/5), por volta das 6h, no rio, pela equipe da especializada. “Demos início às diligências até lograrmos êxito na prisão do infrator, efetuada no bairro Centro, em Parintins”, disse. 

Flagrante -  Alexandro foi autuado em flagrante por homicídio. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio da DEP Parintins, o infrator será encaminhado à Unidade Prisional de Parintins (UPP), onde irá ficar à disposição da Justiça.

Comentários