Notícias

Autoridades da Segurança Pública recebem apoio do titular da Vemaqa para viabilização de melhorias à causa ambiental

O secretário de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), coronel Louismar Bonates; o delegado-geral da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Lázaro Ramos, e a delegada Carla Biaggi, titular da Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema), estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (9/5), por volta das 10h30, com o juiz Adalberto Carim Antônio, titular da Vara Especializada do Meio Ambiente e de Questões Agrárias (Vemaqa), para tratar sobre a adequação de novas instalações para as forças policiais que atuam no combate de infrações e crimes contra o Meio Ambiente, como o Batalhão Ambiental e a Dema.

Secretário de Segurança Pública do Estado do Amazonas participa de reunião para tratar sobre medidas contra infrações ao Meio Ambiente (Foto: Alailson Santos)

Também participaram da visita, que aconteceu no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM), coronel Danízio Valente, e o comandante do Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb), coronel Miguel Marinho.

“Há um projeto para que a Dema, o Batalhão Ambiental e outros órgãos que compõem e tratam dessa questão, sejam instalados em um só local. Esse é o ponto principal da nossa visita hoje e estamos confiantes de que daqui sairão boas parcerias”, argumentou o delegado-geral.

Tratativas – Em fase de projeto, a centralização das especializadas em um prédio localizado nas proximidades da Ponte Jornalista Phelippe Daou, na zona oeste da capital, é uma determinação do Governo do Estado.

“Viemos conversar com o juiz Adalberto Carim Antônio, que é um balizador em questão de Meio Ambiente para as nossas ações. Como os nossos recursos são poucos, nós viemos pedir apoio dele, para que verbas oriundas de multas e outras ações do Poder Judiciário sejam repassadas em material para que a gente possa realmente melhorar o atendimento da população”, argumentou o secretário da SSP-AM.

Comentários